quinta-feira, 25 de abril de 2013

Não se apague...


‎ Não deixe que o amor frio tome conta de sua vida. Não permita que a escuridão apague sua luz aos poucos. A luz da auto-suficiência nunca será o bastante, e sempre será preciso recorrer a alguém, sobretudo a Deus. Andamos no vale das sombras todos os dias, constantemente lidamos com a amargura do ser, e isso será comum até que brilhe sobre toda a escuridão a mais intensa luz jamais vista. Mas até lá, não se deixe dominar pela frieza, ou que sua chama seja esquecida. A luz geralmente tem se apagado de dentro para fora, e todos os dias alguém escolhe se dividir, se enganar, escurecer. Mas é importante saber que, não importa o quão sombrio seja o lado de fora, a luz interior pode ser mais forte e mais brilhante. Basta recorrer. Basta amar. Basta ser luz e não apenas possuí-la. Não desista. Não se engane. Não se apague, aos poucos, para sempre...
Postar um comentário