sexta-feira, 17 de maio de 2013

Somos tão jovens

Uma prévia de OMDMV




 Nós somos tão jovens. Somos tão vivos. Somos o que pensamos, ou nos equivocamos enquanto conhecemos tão pouco. Somos tão fortes e tão frágeis, tão infinitos e tão breves. Somos o que sonhamos do futuro, e o que fazemos no presente acontecer. O que esquecemos do passado, e o que ele nos fez aprender. Somos o crescer, o errar, o tropeçar, o arrepender. Embora não possamos, desejamos ser domínio. Dominar o tempo, os sentimentos, as consequências do que nos permitimos... Mas somos realmente o que devemos ser, quando desejamos a vida. Quando somos o amor de segundos intensos, a luz de momentos escuros, a esperança de dias melhores em cada abrir dos nossos olhos.
Postar um comentário