sábado, 2 de fevereiro de 2013

#EncarandoAsNoites

 No último ano, a garota do coração partido decidiu dispensar o amor, enquanto aquele que não soubera amar a seriedade da própria vida escolheu viver o passageiro, o momentâneo. Quantos de nós têm a consciência de que o amor é muito mais do que um 'kit de primeiros-socorros'? Sim, o sentimento raro é inexplicavelmente maior do que os beijos que duram apenas as intensas noites dos finais de cada semana. Quem sabe a percepção da ferida aberta, após uma noite de prazer, não ensine o óbvio aos carentes e renove a mente dos iludidos... Devemos cuidar da própria vida, e ajudar aqueles que amamos a cuidarem bem de si. Só não podemos esquecer que, no fim de um dia ensolarado ou nublado, a escolha de como vamos encarar a noite é sempre individual.
Postar um comentário